Santuário Fushimi Inari em Kyoto – 10º diário de viagem

Castelo de Nagoya – 10º diário de viagem
13/08/2019

Santuário Fushimi Inari em Kyoto – 10º diário de viagem

Santuário Fushimi Inari em Kyoto

O 10º diário de viagem pelo Japão será dividido em 2 partes e nessa 1ª parte vou contar sobre minha visita ao Santuário Fushimi Inari em Kyoto, o santuário dos torii.

Saímos para nosso caminho de todos os dias nesta semana, rumo à Shin- Osaka. Já estava decorando todas as estações e uma brincadeira boba de todos os dias, era ficar repetindo os nomes das estações de metrô, igual eles anunciavam.

Vocês devem imaginar que alguns nomes são difíceis de repetir rápido em japonês como “Ikebukuro”, “Sakaisuji-Hommachi” ou “Yodoyabashi”, mas acho que o mais difícil e divertido do nosso caminho era “Nishinakajima-Minamigata”! (Tentem repetir isso rápido 3 vezes haha).

Sobre o Santuário Fushimi Inari em Kyoto

Para chegar ao santuário partindo da Kyoto station, o santuário fica em frente a JR Inari station, 2ª estação da linha JR Nara (140 yens).

Fushimi Inari é um santuário xintoísta, um dos mais importantes do Japão, tem origens bem antigas e é famoso por seus milhares de torii, aqueles grandes portões vermelhos que vemos em muitos lugares no Japão, eles marcam a entrada para um santuário.

Este santuário xintoísta (Jinja) é dedicado a Inari, o deus da fertilidade, as raposas (Kitsune) são consideradas mensageiros de Inari, por isso existem muitas estátuas de raposa por lá.

Diz a lenda, que essas raposas podem ter até 9 rabos, quanto mais rabos tiver, mais poderosa ela será (Alguém que lê/assiste Naruto aí?!).

Nesta região há muitas empresas produtoras de alimentos (arroz, saquê), as trilhas cheias de torii (portais), são doados por particulares e empresas pedindo proteção para seus negócios, ospartais tem o nome do doador e a data da doação.

Conhecendo o santuário

Há um grande tori e uma estátua de raposa marcando a entrada do santuário, já possível ver a entrada saindo da estação.

As construções são bonitas, mais coloridas e enfeitados do que os templos budistas, mas igualmente bem cuidadas.

Enquanto estávamos na primeira parte do santuário, começou uma cerimônia tradicional, com as pessoas usando os trajes típicos, instrumentos e canto, bem interessante, mas não podia tirar foto.

Depois podíamos também comprar uma miniatura de tori e escrever o nome da família, pedindo prosperidade e pendurar junto com as outras.

Entrada do Santuário Fushimi Inari em Kyoto

Essa é a visão saindo da estação de trem

grande torii vermelho na entrada do satuário

Para nossa sorte parou de chover

Santuário Fushimi Inari em Kyoto

Santuário Fushimi Inari

Raposa (Kitsune) mensageiro de Inari

Raposa (Kitsune) mensageiro de Inari

Fonte de purificação

Fonte de purificação, que só fiquei sabendo depois (foi mals japoneses)

Rituais xintoístas no satuário

Rituais xintoístas

Personalize sua mensagem de raposa, alguns capricharam

Todos pedindo prosperidade

Santuário Fushimi Inari

detalhes do santuário fushimi inari

Inari

santuário fushimi inari

Os detalhes são muito bonitos

Subindo para as trilhas

corredor de torii

Tinha muita gente visitando, difícil tirar foto sem ninguém

Trilhas de Tori

Neste santuário foi gravado cenas do filme Memórias de uma gueixa, que ganhou vários prêmios no ocidente.

No Japão, o filme foi muito criticado, segundo o site Cultura Japonesa,um filme caricatural que mais reflete uma imagem ocidentalizada e distorcida do Japão e das gueixas, do que um período da história recente do país”. Veja a matéria completa aqui.

Na parte de trás da base principal do santuário é a entrada para a pista de caminhada coberta de torii, que começa com dois caminhos paralelos de portões, há portões ao longo da trilha inteira, que passam por outras construções do santuário e para a floresta arborizada do sagrado Monte Inari.

Não fui até o final da trilha, mas li que a vista de Kyoto é muito bonita de lá!

caminhos de torii vermelhos no santuário fushimi inari

Nádia na trilha de toris

Erika no Caminho de torii do santuário fushimi inari

Única foto que consegui sem ninguém atrás de mim, para mostrar a trilha

Caminhos de torii do santuário fushimi inari

Detalhe dos inscritos e da lanterna.

Já saindo do santuário

Saímos do santuário e voltamos para Kyoto Station, mas resolvemos almoçar por lá mesmo, tinha muita gente e tudo muito cheio!

Depois de conhecer o Santuário Fushimi Inari em Kyoto, fomos procurar a plataforma para o nosso próximo horário de trem, agora vamos para Nagoya.

E aí gostando dos diários de viagem? Acompanhe nosso instagram também!


Faça suas reservas aqui pelo blog

Você sabia que quando reserva algo por algum link aqui do blog, recebo uma pequena comissão?
Sim! Isso ajuda a continuar a atualizar o conteúdo e você não paga nada a mais por isso. Na verdade, você ganha descontos!
Então reserva aí vai! ❤

Reserve seu hotel ou hostel pelo Booking.com
Ganhe 5% de desconto no Seguro viagem com o código SEVIRANOMUNDO5
Ganhe desconto na sua  1º reserva do Airbnb
Reserve atrações em várias partes do mundo com o Get Your Guide

Erika Silva
Erika Silva
Querendo conhecer o mundo com apenas 30 dias de férias por ano e sem emendar feriados. Amante de viagens, filmes, séries, ilustração, rock 'n roll, livros, chocolate com coco e outras sobremesas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *