Osaka – 7º diário de viagem pelo Japão

Monte Fuji
O que fazer e não fazer em Kawaguchiko – 6º diário de viagem
21/04/2016
Nara – 8º diário de viagem pelo Japão
08/05/2016
diário-de-viagem-pelo-Japão-Osaka

Neste 7º diário de viagem pelo Japão vou mostrar um pouco de Osaka, a 3ª maior cidade do país. Quando digo um pouco, é um pouco mesmo, pois Osaka tem muitas atrações e seria necessário 3 dias só para ela. A vida noturna e a culinária são os pontos fortes da cidade.

Apesar de chegarmos em uma cidade agitada como Osaka, nós precisávamos de um dia mais preguiçoso, quer dizer o corpo precisava, nossa cabeça estava nos roteiros que precisávamos refazer e/ou organizar melhor e tudo que ainda queríamos conhecer… já estávamos no meio da viagem!

Osaka amanheceu nublada, garoando, bem com cara de São Paulo. Nosso hotel estava mais para um apartamento pequeno, chama-se Weekly Mansion Osaka at Otamae com 3 quartos (2 com sacada), armários, sofá e cozinha equipada, do tipo que eu moraria tranquilamente! Existem unidades em outras cidades do Japão e é excelente para quem viaja em família.

O espaço e os armários me salvaram, pois durante nossa saída de Kawaguchiko, minha mala quebrou! Uma parte da estação de Otsuki estava em reforma, tivemos que passar por um caminho de pedras, não estava afim de carregar a mala pesada no braço e judiei dela arrastando pelas pedras, resultado: Parte de baixo da mala quebrou, fazendo a rodinha entrar para dentro.

Pelo menos ela ainda deslizava, um saco… mas isso me fez aprender que não deveria levar uma mala tão grande, deveria ter levado menos roupas, tenho que aprender a ser mochileira. Ufa fim do desabafo haha.

A região do hotel é tranquila, com restaurantes e vários serviços perto, lojas de conveniência e máquinas de bebidas em todo lugar, nossa 1ª saída por Osaka foi para comprar café da manhã e comida para preparar no quarto.

Aqui a vista da sacada do meu quarto

Nosso humilde almoço, um rámen à brasileira haha

O que fazer em Osaka?

A 1ª dica é tire foto, pegue um folheto ou baixe da internet as linhas de trem e metrô de Osaka, de preferência em Shin-Osaka, você vai precisar. A cidade também oferece passe diário para várias viagens de metrô e trens. O centro de Osaka fica ao redor das estações JR Osaka e Umeda, em Kita-ku ficam os grandes hotéis, os shoppings e vários restaurantes.

O bairro de Minami é a área mais agitada, em Namba tem ótimas opções de comida, bebida e na alameda Dotonbori tem um grande número de bares, karaokês, pachinkos e inferninhos.

Descendo na estação JR Osaka ou Umeda está o Observatório do Jardim flutuante, duas torres gêmeas, de estilo futurista onde no topo (39º andar) há um observatório para a cidade de Osaka, deslumbrante diga-se de passagem.

Para os cultos e amantes de história, na região central de Osaka, ainda tem o Museu nacional de arte e o Museu de cerâmica Oriental, ambos na estação Yodoyabashi.

E um pouco mais distante o Museu de história de Osaka, na estação Tanimachi-Yonp-Chome, linha chuo ou Tanimachi.

Perto dessa mesma estação é possível visitar também o Castelo de Osaka e o parque em volta dele, há algumas exposições no castelo e uma vista bonita da cidade do último andar.

Há também um parque temático da Universal Studios Japão, que fica próximo ao porto de Osaka e a Vila do Porto Tempozan, que abriga o Museu Suntory e o Aquário de Osaka (meu maior arrependimento de não visita em Osaka) que só pelo design inovador e desafiante, já vale a visita.

E eu poderia escrever linhas e mais linhas sobre as atrações de Osaka.

umeda

Saindo da estação de Shin-Osaka

Voltando ao diário de viagem, saímos já à tarde e foi difícil se localizar na estação de Tanimachi Yonchome, que fica perto do nosso hotel, isso porque ela faz parte de 2 linhas, não sabia qual plataforma pegar, mas eis que surge (do nada) uma japonesa ninja para nos ajudar haha!!

Ela perguntou em que estação queríamos ir, nos levou até a plataforma correta. No começo achei que ela estava indo para aquela plataforma, mas não, ela foi lá somente para nos ajudar! Muito prestativa! Agradecemos muito!

Chegamos em Shin-Osaka pensando em ir para a cidade de Nara, mas o próximo trem ia demorar, como os templos e várias atrações nas cidades fecham às 17h, achei melhor não irmos. Resolvemos conhecer um pouco de Osaka mesmo, apesar da chuvinha que caía.

A região central tem lindos e enormes edifícios e logo achamos minha loja preferida no Japão a Yodobashi. E de quebra nos últimos andares achamos uma loja da JUMP.

Quem gosta e acompanha animes e mangás vai entender o quão legal foi achar essa loja! Me segurei pra não comprar muito, tinha tanta coisa diferente, produtos exclusivos (tranqueiras indispensáveis!) que só encontramos no Japão, de quebra ainda achei uma das esferas do dragão! Haha.

Osaka me pareceu uma cidade grande boa de se morar, apesar de terem nos falado que é considerada uma das mais perigosas do Japão, por causa da fama da organização Yakuza, mas sabe como é, perigosa para o Japão, para mim não deve nem chegar aos pés do que acontece em São Paulo.

As ruas fora do centro à noite, são mais vazias do que em Tóquio, ficamos um pouco apreensivas saindo do metrô, mas não houve nada.

Partiu compras Osaka

1º dia que pegamos chuva no Japão

Essa loja foi perdição

Saindo pra night #sqn

Cada dia uma saída diferente da estação, cada dia uma surpresa

E no caminho para o hotel tinha uma emissora NHK

Eu e feliz com minha esfera do dragão

E no final da noite, após o jantar, lá vamos nós separar o roteiro dos próximos dias, buscar melhores caminhos e rotas, ainda teremos Kyoto, Nara, Atami, Nagoya, Hiroshima e talvez Nagasaki, Yokohama e a mais da própria Osaka!

É interessante ver como vamos evoluindo ao longo dos dias e aprendendo mais sobre os lugares e um pouco da rotina de viajante.

E aí gostou do posto? Deixe um comentário e continue acompanhando nossos diários de viagem.

Erika Silva
Erika Silva

Metida a viajante, de boa e tranquila por fora, ansiosa e planejadora por dentro. É designer gráfico, na casa dos trinta anos, amante de filmes, séries, desenhos, música, chocolate com coco, livros e sobremesas.

Os comentários estão encerrados.

%d blogueiros gostam disto: